top of page

O que fazer para aliviar a cólica do bebê

Atualizado: 5 de ago. de 2021

A cólica infantil doe tanto no bebê quanto nos pais; Saiba agora como preveni-las e alivia-las.



Em algum momento da vida do bebê se iniciará as temidas cólicas, algumas das vezes confundida com irritação sem motivo, infelizmente ela é caracterizada por períodos prolongados de choro, que nada parece acalma-los.


Sabendo que as cólicas não são algo grave, elas realmente são assustadoras, muita das vezes tira o sono dos pais e atormentam o bebê. Para ajudar a amenizar um pouco essas dores das cólicas e diminuir o sofrimento do bebê iremos falar um pouco sobre o assunto hoje.


O que é a cólica?


As cólicas são um desafio para os pais, pois elas são definidas por choro intenso e alto, por horas e/ ou dias seguidos, sem razões aparentes.

Elas chegam sem avisar e podem vim na primeira semana de vida do bebê e a qualquer hora do dia ou da noite.




Com resolução com subsidiária Portuguesa da multinacional farmacêutica Recordati, " Em termo clínico refere-se a uma condição do choro inconsolável do bebê saudável durante os primeiros meses de vida. Grande parte das vezes as cólicas poderá vim na parte da noite e surgiram outros momentos que poderá vim durante o dia.

Bebês que amamentam ou consomem fórmulas, podem ter cólicas até os 6 meses de vida.


O que causa cólica em bebês ?


Tem algumas suposições alguns bebês nascem com os sistemas gastrintestinal nervoso central imaturos ou mais sensíveis, porém não existe explicação para alguns bebês terem cólicas e outros não, como o processo de formação desses sistemas ainda não está completo, ocorrem movimentos intestinais que provocam gases e as dores das cólicas.


Quando os bebês completa 3 meses esse mecanismo costuma atingir a maturidade e para de sentir os incômodos e dores.

Muitos pediatras afirmam que o estresse e ansiedade dos pais passam e é sentida pelos bebês e com isso causam cólicas e desconforto no bebê com reação a esses estímulos externos. Sabendo disso é recomendado que seja respeitado o sono do bebê e também ter uma atmosfera calma e tranquila ao redor do bebê récem-nascido.


As cólicas do recém-nascido inicial quando?


As cólicas se inicial na primeira e segunda semana de vida do bebê, porém não são todos os bebês que sentem dores de cólica. E para desespero dos pais e dor dos pequenos ela pode durar até os 3 meses de vida




E como evitar a cólica infantil?

Os pediatras recomendam para evitar as cólicas infantis:

  • Amamentação materna exclusiva nos seis primeiros meses, pois o leite da mãe é digerido com maior facilidade, e assim diminui o aparecimento das cólicas.

  • Observar se o bebê tem constipação ou se faz muito esforço durante a evacuação. Um intestino com bom funcionamento diminuirá as chances do bebê ter dores.

  • Posicionar a boca do bebê da forma correta ao mamar para evitar a ingestão de ar e reduzir possíveis desconfortos.

  • Massagear a barriga do bebê para aliviar possíveis desconfortos e exercitar suas perninhas, flexionando-as sobre o abdômen e movendo-as para cima e para baixo.

  • Alimentação da mãe: falaremos sobre isso em outro tópico do texto, porém, algumas relações são feitas entre a alimentação da mãe e o aparecimento de cólicas no bebê. Alguns especialistas afirmam que alimentos como chocolate, cafeína e condimentos podem piorar os quadros de dor.



O que não deve ser feito?


  • Amamentação: alguns pediatras orientam a mãe a amamentar o bebê durante as crises de cólica, porém, outros especialistas afirmam que o movimento de sucção pode agravar as dores, pois estimula as contrações intestinais.

  • Chás: É indicado de acordo com o "Ministério da saúde" que o bebê só pode se alimentar até os 6 meses de idade apenas do leite materno, então nada de chá, água ou outras bebidas.

  • Desmame ou dar chupeta: O bebê ao sentir cólica pode sentir desconforto na hora de amamentar porém o leite materno ele é muito importante pois ele é o alimento mais aceito pelo intestino do bebê. E dar chupeta não é uma boa opção pois ajuda no desmame antes da hora.

Acaso de dúvidas sempre procure seu médico para te orientar sobre a saúde e as cólicas do seu bebê.


Qual a frequência das cólicas e quanto tempo elas duram?


A duração da cólica no bebê é muito relativo vai de organismo para organismo.

A cólica do bebê pode seguir durante horas ou até mesmo dias, Porém a frequência das cólicas vai de bebê para bebê e com isso é sempre bom procurar orientação com seu pediatra.



Quando procurar um médico?


Se já fez de tudo e mesmo assim o choro persiste, talvez seja a hora de procurar ajuda médica.


Avalie:

  • Os lábios do bebê ficam com uma tonalidade azulada durante o choro.

  • O bebê está perdendo peso ou vomitando repetidamente.

  • O funcionamento do intestino (fezes e urina) mudar o ritmo.

  • O bebê apresentar sangue nas fezes ou diarreia.

O alimento que a mãe consome pode estar relacionado com as cólicas do bebê?


Nenhum estudo comprova que possa ter relação mas alguns pediatras dizem que pode ter relação sim.


Os alimentos que devem ser evitados e perigosos durante a amamentação:

  • Laticínios, como queijos, iogurtes e leite.

  • Leguminosas, como lentilha, feijões, ervilhas e soja

  • Cafeína.

  • Vegetais crucíferos, como brócolis, repolho e couve.

  • Chocolate.

  • Alimentos muito condimentados.

  • Carnes vermelhas.

É sempre valido observar o que come no dia e ver se o bebê reagiu ao alimento que você comeu e ir tirando da lista até passar essa fase.



1.169 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page