Porque meu filho acorda chorando de madrugada?

Atualizado: 28 de mai. de 2021

Quando seu filho acorda chorando tenho certeza que você não gosta, mas saiba que isso acontece com 100% dos bebês. Quando isso ocorre você deve ficar se perguntando, será fome? Dor? Fralda molhada? O que você precisa saber sobre o porque o bebê acorda chorando



Sonhos ruins


Na maior parte das vezes crianças começa a ter pesadelos após 1 ano de idade. Começam a se assustar com algo que viu durante o dia, acabam ficando agitadas, geralmente querem andar para falar algo, isso aumentam a resistência para entrar no sono e o cansaço pode ajudar o episódio a acontecer mais frequentemente.


Esse episódio deve acontecer na segunda parte da noite, onde o bebê geralmente começa a ter sonhos. O que você deve fazer: tenha uma rotina, um ritual de sono consistente, não deixe seu filho dormir tarde e não deixe ele pular as sonecas do dia. Tente também deixar uma luz bem fraca no quarto do bebê.


Já ficou sabendo? Foi criado diversos livros separados mês a mês mostrando como é o desenvolvimento e como criar uma rotina de sono, isso tudo separado em livros até o bebê completar 1 ano. Clique aqui e acesse agora.


Terror noturno


Não, não é igual ao pesadelo, quando a criança passa por um episódio de terror noturno, ela não se lembra do que aconteceu e por isso não fica assustada. Uma outra diferença do pesadelo é que o terror quase sempre acontece nas primeiras horas de sono, durante a fase de sono não REM, sendo assim, a criança não está sonhando.


O que fazer: apenas espere passar enquanto você cuida da criança. Saiba que não é indicado acordar o bebê nessa situação. Essa situação dura em média 10 minutos e dificilmente precisa de uma intervenção medicamentosa.


O bebê pode chorar bem alto abrir os olhos e ficar bem agitado. Não existe uma causa exata para a ocorrência do terror, mas o extremo cansaço, privação de sono e estresse podem fazer com que aconteça mais vezes.




Compre agora em promoção com frete grátis + 3x sem juros


Incômodos


Seu filho dorme bem mas em algumas noites ele não consegue dormir de jeito nenhum ?


Se isso começar a acontecer, você deve dar uma de detetive e investigar o que pode estar acontecendo. Gengivas um pouco inchada. muita baba ou a criança não tira as mãos da boca, isso pode mostrar que os dentinhos podem estar chegando.


Caso a criança se contorça ou faz movimentos com as perninhas e quando você coloca ela em alguma posição ela para de chorar, isso pode ser gases. Quando isso acontecer, pense no que foi diferente no dia, como um alimento diferente, caso o bebê se alimente do leite materno você comeu algo diferente ?


Para facilitar a maternidade no primeiro ano de vida, criamos diversos livros separados mês a mês para te ajudar com o sono, desenvolvimento e crescimento do seu grande amorzinho!



A criança foi alimentada deitada ? Já deu uma boa investigada nas possíveis alergias alimentares? A criança tenta colocar as mãos em alguma parte do corpo? Caso isso seja o caso, procure informações com seu pediatra.


Distúrbios de sono


Bruxismo, síndrome das pernas inquietas, ronco, apneia, sonambulismo ou despertares confusos. Os sintomas que citamos aqui podem atrapalhar muito o sono do seu bebê. Para diagnosticar qualquer um deles, você terá que observar de perto cada detalhe.


Normalmente bebês se mexem muito então e é comum os pais se confundirem com a síndrome das pernas inquietas. Muitas crianças as vezes ficam com o nariz congestionado e por isso é normal roncar, mas se é frequente, deve ser investigado.

Distúrbios como esses devem ser tratados com a ajuda do pediatra, neuropediatra e médicos especialistas em sono.



Associações de sono


Estas são as mais comuns, ou seja, existe uma grande chance do seu filho despertar chorando de madrugada por um fator comportamental. Fique tranquila, geralmente não é nada fisiológico que faz seu filho despertar tanto e chorar, porém se trata de uma falta de habilidade em dormir e manter o sono – sendo assim a criança acaba não conseguindo ligar alguns ciclos de sono.


O que fazer: a primeira coisa é entender como seu filho consegue dormir. Ele dorme no colo sendo acariciado? Dorme mamando? Dorme na cama dos pais e é levado até seu berço? Se isso ocorre e seu filho chora muito durante a noite e precisa voltar para o colo ou ser alimentado (mesmo que em um curto período) ou ir para a cama dos pais, esse é o jeito que ele aprendeu a dormir! E isso é errado?


Não deixe passar essa oportunidade, facilite a maternidade com nosso guia do sono do bebê no primeiro ano e ganhe vários bônus


Nós não podemos falar isso, porque muitos bebês dormem desta forma e conseguem seguir no sono a noite toda, mas infelizmente 4 em cada 10 bebês de até 2 anos não conseguem e é necessário ensinar esses bebês a dormirem.


Infelizmente fazer isso não é uma tarefa fácil, mas se seu bebê acorda chorando muito e você sabe que não se trata de fome ou outro incômodo ou distúrbio, leve em consideração a hipótese dele ter desenvolvido uma associação onde ele necessita de ajuda para manter o sono e mude essa associação.


Que tal também se preparar para a introdução alimentar do bebê? Com nossas receitas + 5 bônus para te ajudar nessa linda fase chamada maternidade.


Do mesmo jeito que ele aprendeu a dormir com ajuda ele também será capaz de dormir sozinho, mas isso não quer dizer que você deve deixar ele chorando abandonado no berço. Você precisa desfazer isso com muito carinho e respeito com seu bebê.


Termômetro digital, medir a temperatura de forma confortável agora é possível, produto em promoção com frete grátis e em 3 x sem juros


Clique aqui para seguir o Instagram Dicas Maternas

Clique aqui para seguir o Instagram Papo de Mãe






732 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo